Natsume Yuujinchou


Olá gente, tudo bom?

Faz muito tempo que queria fazer um post falando sobre esse anime incrível, mas não conseguia por estar sempre muito ocupada, esse semestre tá, tipo, o caos. Sério, dois estágios não é para qualquer um não, eu chego em casa me sentindo e, provavelmente também parecendo, a poeira da bactéria e, por isso, vocês estão vendo que o blog tá muito parado, nem comentário estou respondendo por causa disso. Dói na minha alma ver isso, mas espero que isso passe, realmente espero.

Então, sobre Natsume, eu já tinha passado por esse anime várias vezes e também já tinha visto críticas maravilhosas sobre o anime, e acho que há muito tempo atrás até tentei ver alguns episódios ou o primeiro, mas por ser muito parado acabei desistindo. Um tempo atrás voltei assistir, ainda achava o anime bem parado, mas comecei a perceber que a ação não era exatamente o objetivo da história  e a partir daí  me apeguei aos personagens e a trama e acabei me apaixonando. Assisti as quatro temporadas em menos de duas semanas, adorei cada episódio e fiquei com aquele gostinho de quero mais ♥.

Natsume Yuujinchou é uma obra escrita e desenhada por Yuki Midorikawa. Ela é começou a ser publicada em 2005 na revista LaLa DX e em 2008 migrou para a principal revista da empresa, a Shoujo LaLa, onde continua sendo publicada até hoje. Atualmente ela conta com 76 capítulos, divididos em 16 volumes encadernados. A série já foi adaptada para anime e recebeu quatro temporadas de 13 episódios cada. (Fonte: Some Fantastic Books)


O anime conta a história de Natsume Takashi que é órfão desde muito jovem e que é passado de mão em mão por parentes por ser considerado um garoto bastante problemático ao dizer ver coisas que ninguém mais consegue ver. A verdade é que Natsume tem um dom (ou seria maldição?) herdado de sua avó Reiko que o permite ver ayakashis (espíritos) e youkais (demônios). Devido a esse dom Natsume é sempre perseguido por esses seres que, de uma ou forma ou de outra, estão sempre atrás de algo que ele tem, especialmente após descobrirem a herança que sua avó deixou para ele: o Livro dos Amigos.

O Livro dos Amigos se trata de um artefato mágico bastante valorizado no mundo do espíritos, pois quem o tiver em mãos terá o poder de controlar todos os espíritos que acabaram por escrever seus nomes lá, por isso, vários espíritos malignos perseguem Natsume atrás desse artefato. E é em uma dessas perseguições que Natsume acaba libertando acidentalmente Madara (mais conhecido como Nyanko-sensei), um espírito que havia sido selado em um santuário e que por estar preso há tanto tempo em uma forma material acaba geralmente  assumindo a forma de um Maneki Neko (gato da sorte), mas em situações de risco se transforma em uma impressionante raposa dai-yokai. Após a tentativa infrutífera de Madara em roubar o Livro do Amigos de Natsume, ele faz um acordo com o mesmo: ele irá proteger Natsume até o dia em que   ele morrer e nesse momento Nastume entregará de boa vontade o Livro dos Amigos para Madara (contraditório, eu sei). 

Nastume foi adotado pela família Fujiwara, um casal de meia idade, que são parentes distantes dos seus pais e a quem Natsume ama muito e, por isso, tenta causar o mínimo de problemas possíveis, mesmo que a convivência  em uma pequena cidade do interior seja, por vezes, desafiadora para ele, principalmente por morar próximo a floresta. E por esse motivo Natsume toma a tarefa para si de devolver todos os nomes dos ayakashis e youkais que sua avó Reiko recolheu ao longo dos anos, tarefa essa que vive sendo recriminada por Madara, que se preocupa que quando Natsume morrer não terá mais nenhum nome no livro que ele possa usar. E a partir de então começam suas aventuras nesse mundo fantástico.

Não se deixem enganar por essas transformações do Madara e.e
Quem vê Natsume pela primeira e vê na capa aquela enorme raposa pensa que Natsume Yuujinhchou será um anime cheio de ação e fantasia, pelo menos foi o que pensei quando vi a primeira vez um dos vários pôsteres, mas a verdade é que a trama é realmente bastante parada e mesmo quando acontece de ter algumas cenas de ação elas acabam tão rápido que se você piscar o olho provavelmente as perderia e, confesso, que isso me chateou algumas vezes. Por isso que aviso que não é um anime para qualquer um.  

O fato é que cada episódio de Natsume Yuunjinchou é bem parecido com o anterior, eles são resumidamente a história de um youkai que pode ser aquele que veio buscar seu nome que está preso no Livro dos Amigos ou outro qualquer a qual Natsume acaba ajudando de qualquer jeito, alguns são maus e outros nem tanto, mas as histórias terminam relativamente iguais. Aí você me pergunta: tá, então o que fez você gostar tanto desse anime?! Cada episódio trás uma história tão incrivelmente sensível e delicada que é simplesmente impossível não se emocionar em cada uma delas, sem falar das lições embutidas que tocam lá no fundo do coração e deixam aquela sensação quentinha e ao mesmo tempo nostálgica.

O mais interessante porém é ver a evolução de Natsume ao longo dos episódios de um garoto introspectivo e que sente dificuldade em confiar nos outros - principalmente se eles forem youkais ou ayakashis -, mas que aos poucos começa a fazer amigos tanto do lado humano, quanto no lado dos espíritos, ao mesmo tempo em que ele vai se tornando cada vez mais uma pessoa gentil ao descobrir que não existem seres bons ou maus apenas do lado humano. E o Natsume é tããããão incrivelmente fofo! Sabe aquelas crianças que você vê e sente vontade de apertar e abraçar bem muito e nunca mais largar? Foi desse jeito que eu me senti a maior parte do anime com o Natsume <3 ele, claro, já tem um cantinho especial no meu coração. Queria poder falar um pouco mais sobre o passado dele, mas como é algo que é revelado lentamente ao longo das temporadas achei melhor deixar para vocês irem descobrindo ao assistir o anime.

Nyanko-sensei e Natsume ♥
O anime tem seu fim na quarta temporada, mas deixa várias pontas soltas que provavelmente são melhor exploradas no mangá. E, apesar de ter tido quatro temporadas senti que a maior parte só serviu como enrolação já que eles poderiam ter usado tantos episódios para explorar melhor certos personagens, como o Madara e a sua relação com a avó de Natsume, Reiko, que vez ou outra acaba aparecendo por via de flashbacks e Madara parece ter sempre uma ou outra história para contar sobre ela.


Um curiosidade é que eu achei os traços do anime de Natsume Yuujinchou bastante parecidos com uma animação que havia visto há bastante tempo atrás e que também havia me emocionado muito chamada Hotaru no Mori e olha a minha surpresa quando descobri que a história foi baseada em uma one-shot do mesmo criador, Yuki Midorikawa! Esse cara tem o dom de fazer as pessoas chorarem </3

Só em falar em Natsume Yuujinchou já bate aquela nostalgia e olha que nem faz tanto tempo assim que assisti. Não tenho certeza se consegui transmitir tudo o que senti ao assistir essa animação e mesmo se tentasse mil vezes ainda assim não conseguiria dizer o quanto amei esse anime. Só posso dizer que, por mais difícil que seja assisti-lo para quem nunca entrou em contato com cultura japonesa, ainda assim vale a pena, por tudo o que você aprende no decorrer da história. Você termina com aquela sensação de que se tornou um pouco mais gentil com tudo o que viu ♥.




24 comentários:

  1. Oi Dani,
    Nem fale em vida corrida hahaha.
    Não conhecia o anime, mas preciso assistir ♥
    já está na lista.
    Bjs
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo anime <3
      espero que goste! *-*

      Excluir
  2. Olá, Daniele.
    Eu não sou muito de assistir animes. Só quando era adolescente que eu assistia. E até que estava animada para ver, mas depois que vi que ficou muitos pontas soltas e que foi bem enrolada as temporadas, acho que não vou ver.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou várias pontas soltas, mas ainda assim é um ótimo anime e eu recomendo por de mais! <3

      Excluir
  3. Oi Daniele!
    Faz tempo que eu quero ver Natsume, mas como estou tentando colocar minhas temporadas de Naruto Shippuden em dia, sempre enrolo para começar Natsume. Mas ele será o próximo da lista, rs.
    Adorei o seu layout, lindo e delicado!

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    Pausa Para Pitacos | Participe do TOP COMENTARISTA | Promoção PQ SIM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não enrole com Natsume e comece! Você vai adorar!

      Excluir
  4. Ola! Sabe que eu adoro Raposas, desde uns tempos para cá é cada uma que conheço, que impossível não gostar

    Eu ja tinha visto a capa desse anime e realmente parece algo de luta, mas tem raposa, eu costumo gostar desse tipo de anime, mesmo não sendo de ação acho ate que gosto mais deles.

    Por fim, pelo seu resumo me interessou.
    bjs
    Otome Game br e +

    ResponderExcluir
  5. Minha amiga AMA esse anime! Ela já me recomendou varias vezes ^^

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dani!
    Mirmã, minha vida está mais corrida do que os carros da Fórmula 1 hahhahha
    Eu não sou muito de anime, como já deve ter percebido, mas sempre indico os que vejo aqui pros amiguinhos.
    Sobre os livros da Elle, eu amei o segundo livro e logo vai ter resenha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi Dani!
    Que anime mais lindo!
    Esse bichinho me lembrou um jogo que eu tinha no Wii, tinha um lobo parecido, mas esqueci o nome do jogo :/

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Dani! Eu não sou muito da turma do anime, mas minha sobrinha ama e vou indicar para ela. Acho tão lindos.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Amei a indicação. Essa correria.
    blogmichaelvasconcelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Dani! Tudo bem? Ainda não conhecia Natsume Yuujinchou, mas adorei conhecê-lo. Fiquei encantado com esses traços dos personagens e a premissa do anime/mangá também é ótima, espero conferi-lo em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Dani,
    Eu não sou uma fã de animes e não conhecia esse.
    Preciso me atualizar nesse mundo, né? Vejo tantas dias boas por aqui e nunca consigo acompanhar as suas novidades.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha,k anime é muito bom Ale, batsa apenas dar uma chance :)

      Excluir
  12. Oiii, gostei do post! As ilustrações são fofas <3 Pena que não gosto de anime :(

    Beijos,
    Natália

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo