Resenha: Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Maas

Autor(a): Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 434
Classificação: ★ ★ ★ ★ ★ 


Sinopse
Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Primeiramente quero começar dizendo que por mais que eu fale aqui nunca vou conseguir expressar o quanto gostei desse livro. Sempre achei mais fácil resenhar um livro quando a gente encontra alguns defeitos ou quando ele é ruim e... quando ele não é? E quando ele é tão bom que você já imagina ele virando série ou filme e uma legião de fãs digna de Harry Potter ou Game of Thrones lotando as ruas? O que dá vontade de escrever é: LEIAM! É MUITO BOM! LEIAM! Mas não dá pra fazer isso, né? Então espero dar boas razões para que vocês se sintam motivados a ler esse livro.

Segundamente quero agradecer a fofa da Ingrid do Resenha Atual que me recomendou esse livro. Quase fali pra comprar e achei que ele não fosse chegar esse ano e eu já estava pensando que ia ter que armar o barraco com uma certa livraria, mas ele chegou gente e aqui estamos nós.

Então vamos lá!

Já tinha visto várias resenhas do livro, mas não tinha tido nenhuma vontade de ler, até que a Ingrid chegou pra mim e disse que era uma releitura de A Bela e a Fera, acho que com todas as postagens que fiz, vocês já devem ter percebido que amo releituras (principalmente se forem da Bela e a Fera) e não deu outra. Fiquei louca pra ler.

Feyre é a filha caçula de um casal de mercadores falidos que é forçada a se tornar caçadora para alimentar as duas irmãs e o pai deficiente. Em um inverno muito rigoroso, quando Feyre e a família já passavam dias sem comer, ela finalmente consegue encontrar uma animal grande o suficiente pra aplacar sua fome e a da família por alguns dias, porém no momento em que está perto de matá-la surge um grande lobo entre as árvores e abate a presa. Com uma breve hesitação por medo de a besta se tratar de um dos povos feéricos que haviam sido banidos para o lado Norte do país por um tratado forjado a 100 pelos humanos e feéricos; Feyre a mata, escalpela e vende a pele do lobo.

Como nada acontece no momento Feyre pensa que devia se tratar apenas de um lobo. Porém qual não é a sua surpresa quando uma grande besta feérica invade sua casa exigindo saber quem matou o lobo. Desesperada para salvar a vida de sua família, Feyre faz um trato com a criatura: em troca de ir viver para sempre no lado Norte da muralha que o feérico deixe sua família em paz.

Feyre descobre que a criatura que a levou de sua família não era uma simples besta, mas um dos lindos, imortais e cruéis Gão-Senhores Feérico. Tamlin é o Gão-Senhor da Corte Primaveril, uma corte que carrega uma maldição que obriga a todos que juraram lealdade a Tamlin a usarem máscaras. Aos poucos Feyre vai entendendo que várias das histórias que tinha ouvido desde a infância não é exatamente verdade. E existe um mal que assola a terra dos feéricos que mesmo os poderosos Grão-Senhores temem. O que poderia ser isso? E qual o papel de Feyre nisso tudo?
"Grunhindo devido ao peso, peguei as pernas da corça e de uma última olhada para a carcaça dumegante do lobo. O olho dourado que lhe restava encarava o céu, agora carregado de neve, e, por um momento, desejei ter a capacidade de sentir remorso por sua morte. Mas aquilo era a floresta e era inverno."
Claro que já tinha ouvido falar de Sarah J. Maas, mas nunca senti vontade de ler Trono de Vidro (e mesmo tendo amado Corte de Espinhos e Rosas ainda não tenho vontade), mas devo parabenizar a autora por criar um livro com personagens tão maravilhosamente humanos. Digo humanos porque o que a gente mais vê na literatura atualmente são personagens 'perfeitos' que não fazem nada de errado e que são sempre certinhos e etc, não estou dizendo que não é legal. É sim, em alguns casos, mas isso cansa porque o ser humano não é assim! E é por isso que amo histórias com personagens imperfeitos, que erram, mas que estão tentando serem melhores... ou não.

É muito difícil eu gostar de personagens femininas, em especial se elas forem protagonistas, mas eu amei a Feyre. Não posso dizer que concordei com tudo o que ela fez, perto do final do livro então pareceu que arrancaram o cérebro dela, mas não tenho o que reclamar dela, pois foi uma personagem que me identifiquei bastante. Adorei, principalmente, por ela ter uma língua tão afiada, respondendo todo mundo sem medo de enfrentar as consequências por isso, mesmo que acabasse um pouco mal no final. E no começo tive muita raiva das irmãs dela, especialmente de Nestha, a irmã mais velha, mas no fim conseguimos compreender os motivos dela e passamos a amá-la.

Tamlin, meu novo crush literário. Ele é daqueles que você se apaixona querendo ou não. Revoltado, irritado e estressado, mas com aquele lado doce e bondoso que vamos conhecendo aos poucos no decorrer da narrativa. É com ele que percebemos o quanto a autora tentou se basear no clássico da Disney, alguns poderiam até dizer que isso deixa a história previsível, mas não. Pelo menos eu não achei. E ainda temos Lucien, melhor amigo e alcoviteiro de Tamlin, que trás um alívio quase cômico ao livro.
- Por que... por que fazer isso?
Tamlin se aproximou, tanto que precisei inclinar a cabeça para trás para vê-lo.
- Por que sua alegria humana me fascina, o modo como vivencia as coisas em sua curta existência, tão selvagem e intensamente e tudo de uma vez, é... hipnotizante. Sou atraído por isso, mesmo quando sei que não deveria, mesmo quando tento não ser."
Outro personagem que me agradou bastante na história foi Rhysand, mas admito que o surgimento dele me trouxe maus agouros, pois não quero em hipótese alguma que surja um triângulo amoroso tá na hora de inventar outras coisas para prender a atenção do leitor, né? Só acho!

Só conhecemos a Corte Primaveril do reino feérico que foi lindamente construído de uma forma digna dos contos nórdicos. E pra quem vai ler o livro pensando que vai ser um simples YA, cuidado, pois não é bem assim. Sim, tem cenas hots, mas nada que seja muito pesado; são só o suficiente pra deixar quem gosta querendo mais.

E que mordida foi aquela heim, Tamlin?
A história vem nos mostrar principalmente a importância do amor. É, eu sei, você pode pensar que é clichê. Mas não digo isso, ele não vem mostrar que o amor é simples, que é só confiar e etc., não, não é isso. Aqui o amor é difícil, assustador e acima de tudo, doloroso. Que precisa ter coragem para aceitá-lo e mais ainda para prová-lo.
— Diga que não o ama de verdade — disparou Amarantha, e meu corpo se contorceu, quebrando aos  poucos. — Admita para seu coração inconstante.
Eu jamais diria aquilo; nunca deixaria que ela ouvisse aquilo, mesmo que me matasse. E se aquela seria minha ruína, que fosse. Se aquela seria a fraqueza que me destruiria, eu a acolheria com todo o coração.
E desculpem pelo tamanho da resenha, tentei falar tudo o que estava sentindo, mas ainda sinto que não consegui dizer tudo! Só digo uma coisa: LEIAM, LEIAM! Vocês mão irão de arrepender.


36 comentários:

  1. Oi, Dani!
    Eu quero muito ler Trono de Vidro e esse livro também
    Pra mim também é complicado resenhar um que eu amo porque não tem palavras suficientes para expressar.
    Amei o gif da Santana #sddsGlee
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que é difícil eu resenhar um livro que gosto :3

      Excluir
  2. Olá :)
    Quero muito ler o livro, mas ainda não tive oportunidade!
    Ele parece ser melhor que "Trono de vidro"
    Beijão,

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei dizer, mas este livro me fez perder o preconceito quanto aos livros da autora ;)

      Excluir
  3. Oi Dani! A resenha deste livro que fiz foi bem complicada, eu também amei demais e nem sabia como citar todos os pontos que achei fabulosos. A autora manda muito bem.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Mano, eu tô muuuuuuuito afim de ler esse livro, mas falta o dinheiro! fico barriada com essas coisas. Sua resenha ficou ótima. Se eu já estava convencida, agora fiquei, mais ainda.
    Um beijo
    blogestrelasdepapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estava! Juntei dinheiro até de onde não tinha para comprar esse livro.

      Excluir
  5. Essa história me lembrou um pouco a Bela E A Fera pelo menos os fatos que ela se coloca no lugar da família pra viver com a "besta".
    Eu acho a capa desse livro tão linda, e sua resenha me despertou curiosidade.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  6. Ola,
    Só pela capa sabia que iria ser um livro bom.
    Trono de Vidro é um ótimo livro e autora nem explorou muito romance nele.Porem ela gosta de criar triangulos amorosos argh rsrs só faz a gente passar nervo porque sempre a gente acaba gostando mais de um do que do outro.
    Esse livro ja está na minha lista de leitura e vou coloca-lo para ser o próximo qur lerei.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aff, odeio triângulos amorosos. Meodels! D: Espero nãp ter que passar por esse estresse nessa saga.

      Excluir
  7. Helloo, Dani! Tudo numa nice!?
    Menina, você é tão engraçada, fico boba que às vezes vejo algumas similaridades quando fazemos resenha quanto a esse aspecto. Principalmente se for uma leitura que agradou. *-* Eu tinha visto que a Ingrid leu e fiquei muito querendo conferir, mas o livro é caro, na verdade os livros da Sarah são caros, o que me deixa de cabelos em pé. Consegui comprar Trono de Vidro, que há muito queria ler por um preço bem legal, mas esse está super caro, sobretudo porque lançou esse ano.
    Desde que vi a sinopse estava morrendo para ler!!
    A sua resenha está lacradora, Dani! Não sei nem o que dizer. Bem escrita e entusiasmada. Me deixou com vontade quero mais... A vontade de ler essa obra só cresce. Preciso!! Também curto releituras, algumas pelo menos, só não gostei dessa parte do triângulo. Odeio triângulos amorosos.
    Mal posso esperar para conferir a leitura!! *-*
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gosto de comprar nada caro, mas com livro eu faço uma exceção. Corte de Espinhos e Rosas foi o primeiro livro que comprei da Sarah, que tinha decidido não ler, mas depois mudei de ideia por causa da Ingrid.
      E obrigada! Fico tão feliz quando alguém gosta, porque quando leio minhas resenhas eu olho e fico pensando: é, tá uma droga, mas uma droga passável, então vai.
      Também odeio triângulos. Muito fanservice '¬¬

      Excluir
  8. Só de olhar a capa e ler a sinopse já é apaixonante, mas a sua resenha me enlouqueceu. Olha a lista literária aumentando... kkkkk

    Feliz ano novo!!
    Beijos,
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Dani =)

    Nossa tudo mundo está falando super bem desse livro. Confesso que a principio eu não estava assim tão interessada, mas com tantos elogios estão ficando bem curiosa.

    Beijos e Feliz Ano Novo!
    ;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por isso Ane, quero todo mundo muuuuito VICIADOOOO *-*

      Excluir
  10. Pela sua resenha consegui imaginar fácil esse livro virando filme mesmo hahah parece ser uma história muito bem construída, se tiver oportunidade vou ler :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Dani!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas depois dessa resenha vou precisar conhecer esse livro. Parece ser muito bom, deu pra perceber sua empolgação pela resenha.

    Feliz 2016!
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  12. Fiquei com vontade de ler :3 A resenha ficou incrivel e ja quero esse Tamlin pra mim kkkkkk Vou colocar na minha lista de lviros pra ler em 2016 hahaha :3
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Dani!
    A capa desse livro já é um encanto, né? Sendo releitura do clássico A Bela e a Fera me deixa com mais vontade de ler.
    E o sendo um 'favorito'... já está na lista com toda a certeza absoluta, eu juro! HAHAHAHA
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oie tudo bom?
    Nossa, essa premissa é muito boa, so espero que nao caia no clichê e que a autora saiba levar essa série, já que Trono de Vidro desandou

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Mas, meu deus, a Sarah tá com tudo, ein! hahaha Já ta impossível viver em um mundo em que eu nunca li Trono de Vidro, porque o pessoal tá toda hora falando e falando, mas kd dinheiro? hahaha e agora você me vem com esse...
    Já tinha lido sobre esse livro, mas depois dessa resenha, tem como deixar de comprar? hahaha
    Aliás, não posso deixar de comentar o quanto me identifiquei com esse primeiro parágrafo seu, é sempre muito difícil quando a gente gosta tanto de um livro, né? É tão difícil achar seus argumentos, de tão histérica que você fica, pelo menos comigo é assim kkkkk
    Beijos
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho tão difícil falar de algo que gosto! D:
      E, sim! Você TEM que ler Corte de Espinhos e Rosas!

      Excluir
  16. Hello Dani sua Linda!!!!!!!!!

    A que resenha que resenha, palmas palmas pra essa mulher! Arrasou bunitaaaaa, ok parei! HAHAHAHAHA
    Você agora me entende minha flor, percebo que sentiu a mesma coisa que eu literalmente! Foram tantas emoções quem poderia imaginar?Feyre me conquistou de uma maneira muito forte! Gosto da força dela, de sua garra! Que mesmo sentindo vontade de desistir e deixar tudo para trás mas ela continuou, foi forte mesmo a bagagem sendo pesada demais, e aquela irmã dela, meu deus! Mas vamos agora da corte Primaveril, que lugar incrível! Mesmo com todas aquelas criaturas ocultas... a magia daquele lugar e simplesmente encantadora aquela cena no lago estrelado que coisa mais linda! A ideia das mascaras ficou show!! O Tamlin hanwwww *-* que amo, que vontade de casar com ele HAHAHAHAHA Ele e tão tão você entende? HAHAHAHA e meio complicado encontrar palavras! Gostei da escrita e tudo parece real e difícil mesmo se tratando de algo fantasioso! Fico feliz que você tenha gostado sua linda e adorei os comentários sobre mim que amor <3 Ainda pretendo ler Beleza cruel e citar você mas esta difícil de encontrar.
    Amei tudinho.
    Beijinhos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só encontrei pela Amazon Beleza Perdida D:

      Excluir
  17. Oie Danii!!
    Amei a resenha!! Adoro releituras também sabe? Mais adoro quando a releitura é da Bela Adormecida hahaha
    Eu também já tinha ouvido falar da Sarah uma amiga me recomendou muito ai comprei o primeiro livro de Trono de Vidro mas ainda não li, eu estou completamente louco para ler esse também, principalmente depois de ter lido a sua resenha tão positiva, vou poder ele na lista dos próximos a comprar!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela Adormecida? Sério? Não vejo muitas releituras como essa.
      Uhuul! Que bom que consegui te convencer :D

      Excluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo