Resenha: Efeito Dominó Parte 1 - Alana Gabriela

Autor: Alana Gabriela
Ano: 2013
Páginas: 50
Classificação: ★ ★ ★ ★ 

Sinopse:
Helena foi morta num passeio à Saquarema. Seis meses após o assassinato e ainda não existem provas suficientes para lastrear o caso. Cora está desestabilizada com a perda da mãe e a impotência que tem sentido em decorrência disso. Ela está passando por todas as etapas do luto, afastando-se de suas amigas e até do seu pai, Afonso. Sua vida caótica e com uma bandeira hasteada de luto vira do avesso quando presencia uma tentativa de homicídio que põe a vida de Lucas, seu amigo, em perigo. No processo Cora é feita refém por um criminoso enigmático que está disposto a tudo para trazer à luz todos os segredos que rodeiam a morte de Helena. Ela só precisa decidir entrar no jogo. Entre mentiras, assassinatos e segredos funestos, o obscuro é o lado mais seguro para Cora se aliar. Mas ela precisa decidir qual segredo é digno do silêncio e se estará pronta para desencadear o efeito dominó!

Esse é o livro da Alana Gabriela dona do blog Pieces of Alana Gabriela. Ela me enviou as 50 páginas de Efeito Dominó Parte 1 já algum tempo, mas só nesse feriadão pude finalmente ler. Confesso que quando comecei a leitura deu até um medinho de não gostar e ter que escrever uma resenha falando sobre isso, mas acabei ficando surpresa com o quanto eu gostei.

A história começa a partir da morte de Helena que foi assassinada aparentemente sem motivo e como não conseguiram descobrir o culpado, a policia encarregada do caso terminou por encerrá-lo. Enquanto isso, Cora, filha de Helena, está vivenciando o luto de uma maneira bem auto destrutiva, se distanciando dos amigos, brigando com tudo e todos e seu principal alvo para as discussões se tonou seu pai, Afonso, ainda mais depois que descobriu algo que a chateou bastante e me deixou bem desconfiada.

Cora é uma garota bem difícil e mimada. Ela está inconformada com a falta de informações e de como e porque a mãe morreu e vai descontado toda a raiva e frustração em qualquer pessoa que cruza seu caminho e isso acaba por distanciar todos, inclusive seus amigos. Admito que no começo achei difícil gostar dela por causa de todas as brigas tanto com colegas quanto com seu pai — que parece que virou o saco de pancadas (verbal) dela —, mas percebi também que ela está passando por um processo de amadurecimento e acredito que no decorrer da história isso irá mudar. Cora também me pareceu uma daquelas pessoas que só se aquieta depois que encontra o que estava procurando e foi exatamente o que aconteceu.

Um dia enquanto Cora estava na praia com seu melhor e, aparentemente único, amigo, Lucas, Cora sofre um atentado: Lucas é esfaqueado e Cora é sequestrada por um estranho que alega conhecer todos os fatos que envolvem a morte de Helena, mas para Cora desvendar todo o mistério que envolve o homicídio de sua mãe terá que participar de um jogo bem perigoso.

Gostei da forma como os personagens foram bem construídos e com a narrativa em terceira pessoa nos dá uma melhor perspectiva do que está se passando na mente de todos os envolvidos e é também uma forma de sair das mesmices de todos os livros narrados em primeira pessoa. Sem falar que todos parecem suspeitos nesse livro tanto Afonso, quanto Lucas, Suzanne e até mesmo Cora e isso foi algo que incita ainda mais a continuação da leitura, pois afinal, teria sido a morte de Helena realmente um acidente? Ou haveria algo mais envolvido nisso tudo? E se houvesse, quem seria o culpado?

Só teve uma coisa que me incomodou um pouco, foi a fala das pessoas que era bem formal, achei que foi algo que me impediu de me identificar mais com os personagens, até mesmo os adolescentes falavam assim e por isso faltou um pouquinho de espontaneidade na história. Porém, pode ser só o mal costume de quem vos fala também.


Fiquei impressionada com o quanto esse livro me conquistou, já que iniciei a leitura sem grandes expectativas, mas o enredo me surpreendeu a cada parágrafo. Terminei o livro com aquele friozinho na boca do estômago e o coração aos pulos de quem mal pode esperar pela continuação. 

Só mais uma coisa: Alana, você arrasou!



36 comentários:

  1. Helloo, Dani!! *-*
    Primeiro: eu não sou capaz de expressar em palavras a minha felicidade ao ler a sua resenha. Eu vi o e-mail e fiquei um pouco nervosa para ler as tuas impressões do livro. Sei que nem todo mundo vai gostar, mas acho que pelo mesmo motivo que ficou com medo de lê-lo, eu fiquei com medo de saber o que achou; coisa de principiante, sabe?! Eu sei que nem todo mundo vai gostar das estórias, mas ainda fico meio que nervosa.
    Bem, fico extremamente feliz por ter gostado, na verdade eu enviei 100 páginas, porque acho que cinquenta era muito pouco. Eu amo um suspense ahaha.
    Muito obrigada por ter se gastado, tirado um tempo para ler a minha obra. Significa muito para mim.

    É verdade, todos eles falam de um modo bem formal. Eu tinha dezessete anos quando o escrevi e lia o dicionário (até hoje leio e ás vezes carrego na bolsa kkk) e esse deve ter sido um fator para que refletisse na estória. Eu planejava cada diálogo loucamente na cabeça, lavando os pratos, tomando banho e por aí vai... Como era um livro policial e eu tinha lido um bem formal, achei que deveria fazer dessa forma. Eu queria que eles falassem assim também, sabe?! Erro de iniciante ahaah. Mas eu também falo desse jeito, mas não em todo tempo. Como foi o meu primeiro livro eu pequei nessa parte, mas conforme fui escrevendo fui adaptando e usando uma linguagem mais coloquial de acordo com cada contexto dos livros. Fiz alguns YA e melhorei nesse aspecto.
    Estou escrevendo um livro que se passa no século VI e é um pouco rebuscado, está difícil para mim por causa do tanto que tenho que estudar. Mas eu gosto de História Geral. *-*

    A Cora é mimada e chatinha mesmo e ás vezes eu ficava com raiva dela kkkk. Mas eu a compreendo em alguns pontos.

    Dani, muito obrigada por escrever algo tão lindo sobre o meu livro, por ter se gastado, mas estou muito feliz pela sua sinceridade e por ter gostado!
    Beijin...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Alana! :D
      Sin, na verdade eu amei! Fiquei doida pela continuação *-* Eu sei que você enviou 100 páginas, mas como estava em pdf eu imaginei que houvessem ficado mais, por isso que disse que eram 50 páginas.
      Eu imagino, de vez em quando me vem essas ideias loucas de escrever um livro com base em diálogos, mas nunca sei por onde começar! Mas enfim, é como eu disse isso não influi de forma tão negativa na história e eu adorei <3 gostei tanto que fiquei... enfim, você já sabe como fiquei, haha.
      Por nada, na verdade foi um prazer imenso escrever a resenha desse livro, pois me apaixonei por ele ♥

      Excluir
  2. Oi, Dani. Fiquei impressionada com sua resenha, isso sim haha.
    Fiquei aqui desejando o livro e ansiando para ler o mais rápido possível. Adorei o comentário sobre a autora aí em cima.
    Embora tenha um ponto negativo sobre os diálogos, os pontos positivos fizeram a diferença.

    Participe do Top Comentarista e escolha o livro que você deseja ganhar.
    Revelando Sentimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Naty!
      Sim, foi uma das melhores leituras que fiz esse ano e pode até ter pontos negativos, mas os positivos fazem toda a diferença! E eu realmente recomendo a leitura :D

      Excluir
  3. Sua resenha me fez ficar com vontade de ler. Adoro livros desse gênero.

    Beijos.
    Blog Não Vivo Sem Livros

    ResponderExcluir
  4. Que resenha bacana, Dani!
    Adoro saber mais sobre o trabalho de novos autores nacionais, sua resenha me deixou bem curiosa!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  5. Ahhh, já queria ler antes, agora quero muito mais ahhahah. Tenho o e-book no kindle e vou ler assim que puder. Adoro esse gênero e todos os mistérios envolvidos. Acho que os diálogos formais também vão me incomodar um pouquinho, mas acho que não o suficiente para desanimar :3 Sucesso para a autora e que venham as continuações <3
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Gih.
      Pode até incomodar um pouco no início, mas depois você nem nota <3

      Excluir
  6. Oii, Dani! Tudo bem?
    Não conhecia essa história. Mas falou de jogo, eu já gosto.
    Gostei muito da premissa do livro. Eu nao gostaria da Cora, pq odeio meninas mimadas. O fato da fala dos personagens ser mto formal também desanima um pouco, mas ainda assim parece um livro bem legal.
    Beijos. E sucesso pra autora.
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de jogos então vai adorar Efeito Dominó! :D

      Excluir
  7. Oi, Dani!
    Eu optei não receber as 50 páginas da Alana porque sabia que não matar minha curiosidade de saber o resto da história. Vou esperar o livro completo porque assim perco menos cabelos e unhas.
    Senti um que de Jogos Mortais e achei bem legal.
    Personagem mimizenta não tem vez comigo mas, se ela sofrer um pouco, quem sabe não mudo meu parecer?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Luiza!
      Mesmo a Cora seno chatinha a trama é muito boa pra deixar de lado e ela vai melhorando no decorrer da história, então pode ter certeza que você vai gostar :D
      Estante de uma Fangirl

      Excluir
  8. Oii Daniele, Tudo bem?
    Não conhecia esse livro mas me interessei muito! Amei sua resenha!
    Adorei seu blog, já estou seguindo! Depois dá uma passadinha lá no meu para conhecer! :)
    Beijos,
    Isa – Night Phoenix Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Dani, tudo bem?

    As vezes isso também acontece comigo, os parceiros mandam os livros e eu fico preocupada se vou gostar do livro ou não, acho que é normal então né?

    Sobre o livro da Alana, amei sua resenha, e o livro parece ser muito bom. Amo esses livros de suspense que a gente tem que bater cabeça e adivinhar quem é o culpado!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Nazaré,
      Também gosto bastante e mal posso esperar pra saber qual é o final dessa história :D

      Excluir
  10. Oi, Daniele! Tudo bem?

    Gostei de sua resenha! Bem detalhada e super sincera.
    Por isso, ficarei a espera do desfecho desta história, pois fiquei curioso para descobrir o que irá acontecer com a Cora.

    Beijos!
    Danny
    Participe do sorteio #SomosTodosIguais no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Danny! Que bom que você gostou e tenho certeza que também vai gostar do desfecho da história :D

      Excluir
  11. Oi , adorei a resenha, o livro parece ser super legal *_*
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Já a vi a resenha em outro blog também acredita? kkk agora mesmo que vou procurar por ele !

    seteprimavera.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu já conhecia o livro, tinha lido uma apresentação dele em um outro blog... Super gostei da premissa e também de sua resenha! Aguardo o lançamento dele para pode-lo ler completo \o/

    Saiu a segunda parte do conto Pacto Eterno no Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha.A história parece ser muuito bom ;)
    ahahaha
    fiquei com vontade de ler!!!

    beeijão :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Daniele!
    Não conhecia o livro, mas achei a estória bem interessante. Fiquei curiosa!

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  16. Muito boa a resenha, cheia de detalhes e bem rica, dá muita vontade de ler o livro <3
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  17. Olá, Daniele.
    Eu me arrependi de não ter respondido afirmativamente sobre ler os primeiros capítulos do livro, porque só estou lendo resenhas positivas sobre ele. mas como estava muito enrolada nas leituras quando a Alana ofereceu. Espero poder ler ele logo, porque a história me interessa muito.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sil, é um livro ótimo e espero que você consiga lê-lo logo também :D

      Excluir
  18. Olá
    Gostei muito da resenha, não conheço as historias da Alana mas esse livro me pareceu muito interessante, fiquei bem curiosa.
    Beijitos,
    Borboletas de papel

    ResponderExcluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo