Resenha: O Castelo no Ar - Diana Wynne Jones


Autor: Diana Wynne Jones
Editora: Record
Ano: 2007
Páginas: 304
Classificação: ★ ★ ★ ★ ★

Sinopse:
Em O Castelo no Ar, Howl, Sophie e Calcifer estão de volta em uma aventura fantástica e surpreendente. 

Tudo começa com Abdullah, um jovem mercador de tapetes. Ele não é rico, pois sonha acordado tempo demais para ser próspero em seu negócio. Nessa vida imaginária que constrói, Abdullah é, na verdade, um príncipe, que foi seqüestrado ao nascer e acabou sendo adotado por um pobre mercador de tapetes. Um dia, um estranho aparece em sua tenda, oferecendo-lhe um tapete mágico por uma bagatela. Antes de ir dormir, ele coloca o dito tapete voador no topo da pilha de tapetes caros que usa como cama (assim, caso alguém tentasse roubá-los, teria de levá-lo junto).

Quando acorda, Abdullah percebe que não se encontra mais em sua tenda. Está em um grande palácio, onde vê uma linda moça, filha do Sultão. Ela é a mulher dos seus sonhos e se chama Flor da Noite. Os dois se apaixonam e resolvem fugir para se casar em segredo. Na noite da fuga, Flor da Noite é carregada pelos ares por um gigantesco e terrível demônio. Abdullah não consegue segui-lo, e acaba sendo preso pelos guardas do Sultão, que acreditam que ele é o culpado pelo desaparecimento da moça. 

Decidido a resgatar a mulher de sua vida, o mercador conta com a ajuda de personagens atípicos no que se torna uma grande e divertida aventura - um tapete voador que tende a desobedecer a seu dono, um gênio da garrafa que sempre tenta fazer com que o desejo acabe da pior maneira possível, um soldado desertor egoísta, que o gênio garante ser a melhor pessoa para ajudar Abdullah a encontrar Flor da Noite, uma gata que consegue mudar de tamanho e seu filhote.


Sinto até um pouco de vergonha em dizer, mas esse foi um livro que demorei muito a ler, primeiro por não saber se tinha aqui no Brasil; e segundo porque ao folhear as primeiras páginas não consegui me conectar com a leitura, pois achei o ritmo bem parado. O mais interessante nisso tudo foi o quanto a história do livro pareceu legal quando eu estava em período de provas na faculdade (que foi quando eu terminei de lê-lo) quando eu não olhava nem duas vezes para o coitado. Mas voltando ao assunto, me interessei, inicialmente em ler esse livro pois ele é meio que a continuação de O Castelo Animado, um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, ele até aparece nesse post 6 filmes que não consigo parar de assistir para quem se interessar.

Abdullah é um mercador de tapetes que vive razoavelmente bem e que não tem grandes ambições na vida além de bem... sonhar. Desde o seu nascimento seu pai não esperou grandes feitos dele devido a uma profecia que fala sobre o que Abdullah irá realizar no futuro e graças a isso ele também nunca foi bem visto pelos parentes da primeira esposa do seu pai que vira e mexe aparecem para perturbar a sua paz.

Tudo isso muda quando um estranho aparece em sua tenda vendendo um tapete que ele diz ser mágico, depois de Abdullah fazer todos os testes possíveis, acaba aceitando comprar o tapete do estranho, porém ao se ver a sós com o tapete Abdullah não consegue fazê-lo funcionar. Se sentindo enganado Abdullah acaba indo dormir em cima do tapete para o caso de o estranho tentar voltar para buscar o tapete enquanto ele dorme e tudo não passar de algum trambique. Mas quando acorda, ele não se encontra em sua humilde tenda, ele foi transportado para um lindo palácio onde encontra a filha do sultão, a bela Flor da Noite, por quem imediatamente se apaixona.

Abdullah descobre que Flor da Noite é muito inocente e desconhece tudo sobre o mundo, inclusive como deve ser a aparência de um homem. Ela vive dessa forma também graças a uma profecia que afirmava que Flor da Noite se apaixonaria pelo primeiro homem que visse que não fosse seu pai e não deu outra. Flor da Noite e Abdullah se apaixonam e começam a planejar como irão fugir para viverem juntos, porém antes de conseguirem concretizar a fuga Flor da Noite é raptada por um djim. E é a partir daí que começa a verdadeira aventura de Abdullah.

Entre quarenta bandidos em um deserto, um tapete mágico desobediente, um gênio temperamental que só realiza desejos quando quer e depois de muita insistência e promessas, um soldado muito desonesto e muitos outros personagens excêntricos, estranhos e maravilhosos que parecem só atrasar sua vida, Abdullah vê sua operação de resgate cada vez mais longe de ser concretizada, porém parece que sua onda de azar não tem aviso de término ou, pelo menos, é isso que ele pensa.
— Você está causando mais danos a mim ao não me conceder um desejo! — disse Abdullah. — E, ao contrário dos bandidos, eu não mereço isso.
— Considere-se um azarado — disse o gênio — Assim seremos dois. Eu também não mereço ficar preso nessa lâmpada.
As cenas em que mais ri era quando Abdullah tinha que fazer algum desejo ao gênio. Nunca vi gênio mais ruim. A primeira coisa que ele faz ao aparecer é transformar seus dois mestres em sapos, o mais legal foi a minha surpresa ao descobrir quem ele realmente é.

Se você já leu O Castelo Animado e vai ler O Castelo no Ar esperando ver Sophie, Calcifer e Howl vai se decepcionar, pois eles não aparecem muito na história, mas nem por isso o enredo se torna chato. Muito pelo contrário, você acaba se apaixonando pelos novos personagens e só quer conhecer mais desse novo mundo. Amei a forma como a magia é descrita nesse livro como algo descuidado e desregrado que eu acho que é como a magia deveria ser. Diana consegue descrever um mundo quase que inteiramente novo de uma forma encantadora com palavras simples que faz voar a imaginação.
— Fale desse seu Mago Howl.Os dentes de Sophie rangeram, mas ela falou com orgulho:
— Ele é o melhor mago em Ingary ou em qualquer outro lugar. Se tivesse tido tempo teria derrotado aquele djim. E ele é manhoso, egoísta, vaidoso como um pavão e covarde e não se consegue forçá-lo a nada.
— Mesmo? — perguntou Abdullah. — É estranho que você recite com tanto orgulho essa lista de vícios mais adorável das senhoras.
— O que você quer dizer com vícios? — replicou Sophie, zangada. — Eu só estava descrevendo Howl.
O Castelo no Ar é um romance fantástico e maravilhoso, não posso dizer que me surpreendi no começo, mas posso afirmar que o final foi de arrasar! Achei incrível como a autora conseguiu escrever uma história despretensiosa, sem grandes dramas - já que grandes dramas parecem estar tão na moda hoje em dia -, com um enredo balanceado com bastante humor e muitas aventuras e sem ser cansativo, O Castelo no Ar faz lembrar como os contos de fadas eram escritos antigamente e, ao mesmo tempo, consegue fazer com que a história não seja massante ou angustiante. Quando dei por mim havia terminado a leitura e estava com aquele gostinho de quero mais. Mal posso esperar para ler A Casa dos Muitos Caminhos que seria a sequencia de O Castelo no Ar.


30 comentários:

  1. Para tudo porque eu amo O Castelo Animado <3. Como assim é uma continuação? To quase chorando aqui! Hoje meu dia está muito incrível, hahahhahahaha <3. Estou tentando não me empolgar muito, já que você disse que não vamos encontrar muito os personagens do Castelo Animado, mas, só de saber que tem essa ligação, já me bate um ânimo incrível, ahahahahha. Além do mais, você falou de um jeito tão carinhoso desses novos personagens, tenho certeza de que o livro é incrível :]

    Eu adoro a Diana Wynne Jones <3, os livros dela são tão mágicos e tão apaixonantes!
    Eu comprei O Vitral Encantado, que ainda não li, mas já li a coleção de Os Mundos de Crestomanci. Esse O Castelo de Ar eu não conhecia, mas já fiquei apaixonada e vou procurar. Obrigada pela dica, hahaha <3

    Beijo!

    Paty
    www.booknerd.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Patricia!
      É tãããão bom encontrar alguém que é apaixonada pelas mesmas coisas que você, né? Adorei seu comentário, pois também sou louca por Castelo Animado <3 Infelizmente O Castelo no Ar não é a continuação de O Castelo Animado, mas ainda assim vale muito a pena ler, os outros personagens também são maravilhosamente apaixonantes. Descobri com algumas pesquisas que esses livros constituem uma série em que O Vitral Encantado se enquadra no último livro da série.
      Infelizmente, só conheço a Diana pelo pelo Castelo Animado e desde que assisti pela primeira vez sou apaixonada pelas histórias, mas ver você falar tão bem dessa outra série já bateu aquela vontade de ler *-*

      Excluir
  2. Eu não conhecia esse livro, mas pela sua resenha, parece ser muito bom!

    Morro de amores por livros de fantasia e fiquei com bastante vontade de ler esse!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani,
    Vou te confessar. Eu amo um drama. Gosto de me envolver, chorar, descabelar, rir, me apaixonar junto com os personagens. Eu sou daquelas que assiste novela mexicana, então já deu para ter uma noção né?
    Não conhecia esse livro e não sei se eu leria com facilidade. Mas gostei bastante da sua resenha.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ale!
      Não é que eu odeie drama, mas tem tantos livros com essa temática que as vezes dá vontade de descontrair, sem falar que drama é um coisa que mexe muito com as emoções e é muito cansativo e estressante (na minha opinião), por isso que as vezes acho bom ler um livro como O Castelo no Ar. Bem relax ;)

      Excluir
  4. Oi Dani
    Ainda tenho que assistir a animação O Castelo Animado. Mas, acho que esse livro não seria uma boa pra mim. Gostei muito da sua resenha mas, a premissa não me convenceu por agora.
    Quem sabe um dia
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Olá =)
    Primeira vez que vejo e leio sobre o livro, confesso que pela capa não ia querer, mas tuas palavras mudaram essa minha visão preconceituosa, rsrs, já peguei livros que nas primeiras folhas quase me vez parar, o livro foi Lilac contudo decidi continuar e puff ~~AMEI a leitura.

    Beliscões da Máh <3
    Blog | Twitter ||Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Máh! Tudo bom?
      Foi mais ou menos o que senti ao ler O Castelo no Ar, mas diferente de você eu sabia que iria terminar de lê-lo em algum momento xD

      Excluir
  6. Não conhecia a história do Castelo mas gosto bastante dessa temática de fantasia e aventura, então fiquei bem curiosa :)
    bom final de semana ^^

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a história e fiquei mega interessada!! Também não conheço nem o livro nem o filme do Castelo Animado. Achei muito legal essa misturas de elemento conhecidos como os 40 ladrões e essa temática bem conhecida por todos. Acho muito legal quando os autores fazem essa mistura.
    Seu blog é muito amor!!!
    Beijos!!
    Quer Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro, principalmente quando a mistura tem coerência e fica tão divertido como O Castelo no Ar

      Excluir
  8. Nossa, antes o livro não tinha chamado muito minha atenção mas depois que li sua resenha aqui me despertou a vontade de ler ele. <3
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Daniele!
    Eu não conhecia esse livro, mas lendo a sua resenha me apaixonei por ele. Parece ser um livro inceivel!
    Gosto muito de visitar o seu blog,ele sempre me passa a sensação de um lugar magico.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, obrigada Kênya!
      Fico muito feliz que você pense isso *-*

      Excluir
  10. Oie, Dani!
    Comecei a ler a sua resenha de forma despretensiosa, e como você na leitura do livro, me surpreendi com o enredo que você apresentou. Como sabe, eu não leio sinopses, mas gostei do que você mostrou. Bem, eu senti aquela vibe de livros de contos de fadas conforme lia e fiquei curiosa, já imaginando os mundos. Lembrei de Ali e os Quarenta Ladrões. A capa é muito linda! Gosto de livros de fantasia e acho que vou gostar desse!
    Dani, eu não sei você, mas em época de prova tudo fica muito interessante para mim kkkk. Até as coisas que menos gosto. E parece que fico mais cansada e tals kkkk
    Ah, eu gostei da mudança da fonte lá no topo no menu e nas caixas da sidebar. Lembra que a gente comentava sobre não saber mexer nesses trens?! Pois é. Foi há muito tempo, não?! Kkkk Eu amo fontes ahahhah!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Alana!
      Fico muito feliz que você gostou, mas vou ter que discordar quanto a capa, pois a primeira vez que vi não consegui entender direito sobre o que se tratava, haha.
      Tudo é lindo em época de prova, parece algum tipo de tortura que cérebro faz com a gente, e incrível u.u Também gostei muito dessas mudanças <3 E, realmente, comparado com antigamente, hoje me sinto uma expert em html, kkkk, bem diferente de alguns meses atrás '><

      Excluir
  11. Oi..
    Parece fascinante. Logo preciso do primeiro heheh
    Bjs Le
    www.leversosecontroversias.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Daniele.

    Uau... livro incrível!
    Sua resenha foi show! Já quero ler.

    Beijos!
    Danny
    Participe do sorteio #outubrorosa no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  13. Que capa linda! Adorei sua resenha e adorei conhecer esse livro que parece ser tão encantador!

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO CALDEIRÃO DE PRÊMIOS HARRY POTTER!

    ResponderExcluir
  14. Hum... adorei! A capa é tão fofinha e fantasia é comigo mesmo. Isso já aconteceu várias vezes comigo. Um livro não me agradar muito no começo , mas depois ser só amores.
    Quero ler... adoro uma sacadas de humor e essa história parece ter muitas.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a história é realmente surpreendente! Tenho certeza que você vai adorar cada segundo :D

      Excluir
  15. Eu ou apaixonada por "Castelo Animado" e por contos árabes e esse livro dialoga com essas duas coisas tão amadas para mim. Nem sabia da existência dele. Preciso urgentemente dele!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo O Castelo Animado <3 nunca fui muito chegado a contos árabes, mas através desse livro comecei essa cultura com novos olhos e percebi que ela tem muitas histórias para contar :D

      Excluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo