Resenha: Não olhe para trás - Jennifer L. Armentrout

Autor: Jennifer L. Armentrout
Editora: Farol Literário
Ano: 2014
Páginas: 440
Classificação: ★ ★ ★ 

Sinopse:
Samantha é uma jovem de 17 anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a última a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? Não olhe para trás é um daqueles suspenses que só paramos de ler para tentar nos antecipar à autora e descobrir qual é o mistério.

Samantha acorda desorientada e perdida sem saber onde está ou como foi parar lá, logo ela é encontrada por um policial e levada ao hospital para tratar e seus inúmeros ferimentos. Lá ela descobre que tem amnésia dissociativa e esqueceu tudo que aconteceu desde o acidente. Depois de ser re-apresentada a seus pais, Samantha é levada para casa e a sua antiga/nova vida onde começa a perceber que não era exatamente uma flor que se cheire.
"Porque nada estava bem, e nunca ficaria. Eu estava presa àquela vida da qual não me lembrava, presa no corpo daquela garota, a tal Samantha Jo Franco, e, quanto mais eu descobria a respeito dela, mais eu começava a detestá-la." 
Rica, mimada, egocêntrica e com uma víbora como melhor amiga, Samantha logo se vê suspeita do assassinato de Cassie a qual é encontrada morta perto do local onde Samantha foi achada. E em meio a flashs de memórias e crises de transtorno de estresse pós-traumático Samantha não sabe dizer o que é real ou faz-de-conta e então ela passa a receber bilhetes com mensagens de:
"Não olhe para trás. Não vai gostar do que encontrará."
As perguntas só se acumulam. E enquanto tenta se acostumar com seu estilo ela começa a se perguntar em quem realmente poderá confiar
"O buraco sem fundo na minha cabeça continuava igual. Vazio. Vasto. Todas as minhas lembranças desapareceram, foram roubadas. Era como um estupro, só que não havia ninguém a quem atribuir o crime."
Já li alguns livros da Jennifer, mas nunca nenhum que tenha me chamado a atenção ou que tenha me feito lembrar dele, Não Olhe para Trás foi uma surpresa bem vinda. O livro é envolvente e muito bem escrito fazendo com o que a gente só o solte após ter completado a leitura, porém ele foi muito previsível em quase tudo, eu esperava mais mistério. Fiquei realmente surpresa com quem foi o culpado de tudo no  final, mas foi só. Mas mesmo os acontecimentos finais, depois da descoberta do que realmente aconteceu, foram muito clichês. Sem falar que deixou algumas pontas soltas que provavelmente nunca serão reveladas já que se trata de um livro único, né.

Recomendo para quem gosta de um suspense leve com pitadas de romance.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo