Shingeki no Kyojin



Desde que assisti Tokyo Ghoul tenho procurado animes no mesmo estilo. Infelizmente não tem, então tentei achar aproximações e eis que me surge Shingeki no Kyojin. Sempre me esquivei dele por causa da quantidade de violência, sangue e luta, mas dei uma chance e descobri que não é tão ruim assim por incrível que pareça.

Há algumas décadas a humanidade foi surpreendida pela aparição de criaturas gigantes em formato humanoide, com uma força descomunal, que devoravam seres humanos. Essas criaturas, nomeadas Titãs, quase exterminaram toda a população do mundo sobrando apenas um pequeno número que se refugiou em muralhas de cinquenta metros de altura. Durante cerca de 100 anos a humanidade viveu em relativa paz cercados pelas muralhas que tinham, pelo menos três, vezes a altura dos maiores titãs registrados.

Dentro de uma grande cidade localizada na periferia da muralha, vivia Eren Yeager junto com seus pais e sua amiga Mikasa Ackerman, que estava sob os cuidados da família. Ele vivia em paz, porém inconformado com o conformismo das pessoas de viverem presos dentro das muralhas e desistido de lutar contra os titãs. Isso tudo mudou até o aparecimento do Titã Colossal, assim apelidado, por superar em ao menos dez metros o tamanho da muralha.


Esse titã destruiu o portão da cidade que dava acesso ao mundo exterior permitindo assim a entrada de titãs menores que destruíram e ocuparam grande parte do território da cidade forçando assim os cidadãos se refugiarem em outras cidades. Durante este evento Eren junto com Mikasa presenciou o horror de ver sua mãe ser devorada viva. Após isso, Eren jurou exterminar todos os titãs da face da terra e com esse objetivo ele entra para o exercito.



Shingekin no Kyojin me chamou a atenção, primeiramente, pelo mistério que é o surgimento dos titãs (ninguém sabe de onde eles vieram e nem como se reproduzem, se é que fazem isso mesmo) e depois que você começa a assistir tem que ir até o final, é meio viciante. Os traços são meio esquisitos o que quase me fez desistir do anime, mas a curiosidade venceu, hehe.

Mesmo tendo uma boa história, não consegui gostar muito de Eren, o protagonista. Apesar de entender os motivos dele e até concorda com certos pontos de vistas, achei ele muito violento, impulsivo e mal agradecido, principalmente quando estava perto de Mikasa (mesmo assim ainda shipei eles dois ♥). Mas mesmo shipando Mikasa e Eren, não deixei de notar o quanto é estranho a relação deles dois, mais especificamente, a relação de "proteção" que Mikasa mantém com Eren. Proteção essa que Eren fez questão de mostrar gritar diversas vezes que não precisava apesar dele precisar ou queria. Não me levem a mal, até um certo ponto da pra entender porque ela não quer que nada de mal aconteça  com ele, sendo Eren a única família que lhe restou, mas na maioria das vezes só parece meio que uma obsessão da parte dela.

Agora, dois personagens que me chamaram a atenção:

Rivaille ou Levi Ackerman, um dos mais fortes se não for o mais forte do esquadrão. Mas mesmo agora ele sendo um dos meus favoritos, Rivaille me deixou meio na dúvida com sua primeira aparição, pois é, ele já chegou causando. 


Gosto dele, principalmente, por ele demonstrar um caráter firme e ideias claras, sem ficar naquela bipolaridade da maioria dos personagens em todos os animes, simplificando: ele sabe o que quer. E, também shipei ele com a Petra, porém creio que não era o destino eles ficarem juntos

O outro foi, e algumas pessoas podem até não concordar, Armin Arlet. No princípio Armin parece aquele tipo que só vai atrapalhar a vida dos outros, especialmente a do Eren e, no começo, é exatamente isso que ele faz. 

Com medo de tudo, não dá pra entender o porque dele entrar para o esquadrão além da vontade de seguir os dois melhores amigos, Eren e Mikasa. Porém, no decorrer da história ele vai demonstrando ser um dos melhores estrategistas do grupo, essa habilidade é vista principalmente quando eles estão enfrentando a Titã Feminina (o melhor arco do anime). E acredito, mesmo não tendo certeza, ser ele o narrador no anime.



Em suma, amei o Shingekin no Kyojin, mas recomendo apenas pra quem tem estômago forte e ache legal ver montes de sangue jorrando ;) Já estou, ansiosamente, esperando a segunda temporada que, infelizmente, só vai sair em 2016.


2 comentários:

  1. Poxa, eu comecei a assistir mas não terminei (não lembro porque g_g). Espero conseguir terminar algum dia kkk, faz muito tempo que não vejo animes e tenho muita saudade </3, Shingeki no Kyojin, eu peguei logo no lançamento mesmo e fui acompanhando os episódios.. É muito bom ♥
    Beijos :*
    sorvete-literario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que um dia você continue :) eu, por exemplo, viciei e esse nem é meu estilo de anime, haha

      Excluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo