Resenha: Uma Chance para Recomeçar - Lisa Kelypas


Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele desconfia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã. Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe.

Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida...
Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal.

Não há escolha além de você. Holly não conhece nem um pouco o Sam nem o Alex. Escrevo isso esperando que você nunca tenha de ler, mas, se estiver lendo… cuide da minha filha, Mark. Ajude-a. Ela precisa de você. Eu sei o quanto essa responsabilidade deve parecer enlouquecedora. Sinto muito. Sei que você não pediu isso. Mas você consegue. Vai descobrir como. Comece amando Holly. O resto virá por si.
ALERTA! OVERDOSE DE FOFURA!

Mark provém de uma família desestabilizada e, por isso, é sempre muito desconfiado em tudo que tem a palavra que começa com "A" no meio. Bem, pelo menos, até se tornar o tutor legal de Holly depois da morte de sua irmã, a mãe de Holly. Mark instantaneamente se torna muito protetor com Holly e tentará fazer e tudo para que seus desejos se realizem, então... se ela quer uma mãe, terá uma mãe.

Maggie, diferentemente de Mark, vem e uma família feliz e cheia e irmãos, porém seu casamento não teve um fim muito feliz. Seu marido morreu de câncer e ela passou o último um ano e meio cuidando dele e decidiu nunca mais passar por isso outra vez, porém Mark e Holly estão deixando essa única regra impossível de ser seguida.

O livro é bem curto e não achei tão bom quanto outros da Lisa, mas vale a pena ser lido até porque - como eu disse - é bem curtinho e tem todos os elementos que fazem sucesso nos outros livros da autora. Teve algumas cenas que foram só pra encher páginas e a relutância da Maggie não me convenceu muito. Porém amei o modo como Mark e seus irmão, Sam, tratavam Holly, era tão fofo ver dois homens mortos de preocupados tentando de tudo pra agradar e fiquei muito curiosa pra saber como serão os próximos livros com os dois outros irmãos (principalmente Alex).

Enfim, um ótimo livro! Adorei e já estou ansiosa para os próximos!


2 comentários:

  1. Oi, Daniele! Não conheço esse título, nem a autora. É uma série? Estou começando agora a me familiarizar com livros sensíveis, emocionantes, confesso que não são minha preferência, mas uma leitura dessa é sempre bem-vinda, de vez em quando.
    Bjs!

    http://www.oclubedameianoite.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sue Ellen!
    Sim, pelo que eu soube é uma série, mas acredito que os editores não tenham a intenção de trazer toda a série para o Brasil. A Lisa é uma autora bem conhecida pra quem gosta de livros históricos :)
    Não é um dos melhores, recomendo a série Hathaway para a sua primeira leitura! ;)

    ResponderExcluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo